Pub

A conferência, organizada pelo “Faro 1540 – Associação de Defesa e Promoção do Património Ambiental e Cultural de Faro”, está marcada para as 21:30 no Salão Nobre da Sociedade Recreativa Artística Farense (Os Artistas), na Baixa de Faro.

A vereadora da Câmara Municipal de Faro, Teresa Correia, e o diretor do Instituto Superior de Engenharia da Universidade do Algarve, Ilídio Mestre, são os oradores convidados.

Os transportes públicos, trânsito, estacionamento e ciclovias em Faro são outros dos temas a debater no encontro, que acontece precisamente um dia antes do fórum promovido pela Plataforma de Luta Contra as portagens na A22, que vai decorrer no sábado no Auditório do NERA, em Loulé.

Os impactes económicos e sociais no Algarve com a introdução de portagens na Via Infante vão ser analisados durante um fórum marcada para sábado, às 15:00 e onde se prevê a, participação de autarcas da região e vários especialistas da área da economia regional, turismo, ambiente e mobilidade.

“As conclusões do encontro serão apresentadas” ao secretário de Estado das Obras Públicas, no dia 23 de fevereiro, às 12:00, durante uma reunião solicitada pela Plataforma, disse hoje à agência Lusa o presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL).

Além da AMAL, integram a Plataforma cinco associações empresariais – ACRAL, AHETA, AIHSA, CEAL e NERA -, comissão de utentes da A22 e as duas centrais sindicais – UGT e CGTP.

Lusa

Pub