Pub

No dia 27 de setembro, ás 21h30, a Academia de Música de Lagos (AML) apresenta “Concerto para dois pianos e orquestra, de Bernardo Sassetti”, peça encomendada pela AML que será interpretada por Armando Mota e João Rosa, e pela Orquestra Clássica da Academia. Trata-se de um concerto comemorativo do Dia Mundial da Música e uma homenagem a Bernardo Sassetti. Os ingressos custam seis euros (com desconto de 50% para menores de 12 anos, maiores de 65, e sócios da AML) e são gratuitos para os alunos da AML/Conservatório de Portimão.

A 28 de setembro, das 10h00 ás 19h00, o TEMPO acolhe o “Dia Zen”, onde são propostos um conjunto de palestras e atividades sobre yoga, ayurveda, comida macrobiótica, pranayama e mudras, biodanza, dança oriental, entre outros temas. A participação é gratuita mas sujeita a inscrição prévia e limitada ao máximo de 30 pessoas.

Ainda nesse sábado, e a fechar a programação do mês de setembro, ás 21h30 Marco Horácio sobe ao palco do Grande Auditório para apresentar “O Intruso”. Num registo de humor e apresentação, “O Intruso” marca o regresso de Marco Horácio aos palcos do teatro, prometendo uma noite de muitas gargalhadas, música, sapateado e até magia. Os bilhetes custam 10 euros (oito euros para menores de 12 anos e maiores de 65).

Em outubro, no dia 5, o TEMPO recebe a 5.ª edição do Festival Acústico Alvor FM, cujo cartaz este ano tem The Quest, Nome, João Lum, The Craftsman, Retro Nova e Mariana Jerónimo. O festival está marcado para as 21h30 e a entrada é livre mas sujeita a levantamento prévio de bilhete.

Segue-se um grande concerto, no dia 8 de outubro, ás 21h30, da aclamada cantora norte-americana Stacey Kent, que regressa a Portugal para apresentar o seu novo trabalho “The Changing Lights”. Acompanhada por quatro músicos, a cantora apresenta o primeiro de quatro concertos que dará em solo português, com passagem pelo Grande Auditório do TEMPO. Os bilhetes custam 18 euros para a plateia e 15 euros para o balcão.

O cinema regressa também ao Pequeno Auditório, mas desta vez semanalmente, ás quintas-feiras. Com regresso agendado para 10 de outubro, o “Cinema ás 5.ªs”, uma programação regular de filmes independentes, trará ao TEMPO obras da sétima arte da autoria de realizadores de todo o mundo, com bilhetes a três euros.

No âmbito do projeto educativo do TEMPO, a Oficina do Espetador, em colaboração com a Associação Cívica Portimão Sempre, exibe no dia 17 de outubro o documentário “Quem se importa” de Mara Mourão. O documentário será exibido em três sessões: 10h00 e 15h00 (escolas) e 21h00 (todos os públicos). Todas as sessões são de entrada livre.

Nos dias 18 e 19 regressam as visitas guiadas ao TEMPO. Desta vez a proposta para conhecer “Um espaço chamado teatro” estende-se a escolas e a famílias. Inês Cardoso e Joana Melo guiam o público aos espaços que fazem o percurso de um espetáculo. Uma oportunidade única para conhecer os bastidores do TEMPO e as histórias do edifício.

A programação de outubro termina com música no dia 19, com os Vol.2, banda pop/rock de Portimão, que apresenta o seu álbum de estreia “Viver o entretanto”, ás 21h30, no Grande Auditório. Os bilhetes custam três euros.

No dia 26, também ás 21h30, Sérgio Godinho, acompanhado por Manuela Azevedo, Hélder Gonçalves e Nuno Rafael, sobe ao palco do Grande Auditório para apresentar “Caríssimas Canções”. O espetáculo baseado no seu livro de crónicas “Caríssimas 40 Canções – Sérgio Godinho & As Canções dos Outros”, é uma evocação dinâmica de alguns dos temas, intérpretes e compositores que marcaram o seu percurso artístico (Dylan, Gainsbourg, Morrison, Caetano, Ray Davies, Chico Buarque, Stones, Beatles, Violeta Parra ou de Zeca Afonso). O custo dos bilhetes para o concerto é de 16 euros.

Todos os ingressos podem ser adquiridos na bilheteira do TEMPO, aberta de terça a sábado, das 14h00 ás 19h00, e em dias de espetáculo das 14h00 ás 21h30. Para mais informações ou reservas: 282 402 475 / 961 579 917, ou através do sítio na Internet: http://www.teatromunicipaldeportimao.pt/.

Lúcia Costa

Pub