Breves
Inicio | Sociedade | Praxe do curso de Educação Social visou contrariar a indiferença e combater a falta de afeto e a solidão

Praxe do curso de Educação Social visou contrariar a indiferença e combater a falta de afeto e a solidão

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Os quase 40 alunos do primeiro ano do curso de Educação Social da Universidade do Algarve (UAlg) iniciaram na quarta-feira a Semana de Receção ao Caloiro com uma praxe que visou contrariar a indiferença e combater a falta de afeto e a solidão.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

“Queríamos fazer uma praxe diferente dos outros cursos”, começou por explicar ao Folha do Domingo Inês Narciso, aluna do terceiro ano daquele curso, assegurando que “este ano todos os cursos estão a fazer praxe solidária”. “Há cursos que estão a promover a recolha de lixo, outros a recuperação de paredes degradadas da cidade. Nós queríamos que a nossa praxe solidária fosse mais voltada para a área do nosso curso que nos ensina a integrar todas as pessoas na sociedade. Por isso, pensámos em sair para a rua para tentar melhorar o dia das pessoas que encontrássemos”, complementou.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Os futuros educadores sociais desceram então do Campus da Penha até à baixa de Faro para distribuir frases motivacionais aos transeuntes. “Já sorriste hoje?” ou “Faz o bem porque o mundo vai mal” foram algumas das inscrições em pequenas tiras de papel entregues pelos estudantes a quem com eles se cruzou. “Transmitimos uma palavra de motivação. Há pessoas mais recetivas que outras, mas algumas até estão recetivas a abraços e beijos”, contou Inês Narciso, que constatou haver naquela zona da cidade “muitos idosos sentados nos bancos”. “Sabemos que hoje a solidão existe muito”, lamentou.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Esta não foi a primeira vez que o curso de Educação Social da UAlg promoveu uma praxe deste género. Já em 2016 o curso tinha levado os caloiros a colaborar no serviço alimentar levado a cabo pela Ordem Franciscana Secular (OFS) de Faro.

A UAlg atingiu este ano o número mais elevado de candidatos colocados na primeira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior dos últimos oito anos. Contrariando a tendência nacional, com uma descida de 2%, a UAlg aumentou 4%, com 1210 estudantes colocados. “Estes são os melhores resultados da academia algarvia desde o ano de 2010, alargando para quatro o número de anos consecutivos com mais de um milhar de estudantes colocados, numa série de resultados positivos obtidos sucessivamente. O aumento absoluto do número de colocados na UAlg é o quarto mais elevado entre as instituições de ensino superior”, congratulou-se a academia.

A Semana de Receção ao Caloiro teve início na quarta-feira e o programa de atividades prossegue até dia 27 deste mês.

Verifique também

Exposição de presépios da catequese da paróquia de Albufeira inaugurada na Biblioteca Municipal

A paróquia de Albufeira realiza há já alguns anos uma exposição de presépios construídos pelas …