Pub

O Presidente da República designou hoje a cidade de Faro como sede das comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas deste ano e nomeou António Barreto como presidente da comissão organizadora.

Em conferência de imprensa realizada hoje, Macário Correia mostrou-se orgulhoso com a escolha e pediu aos farenses que se envolvam nos preparativos para o evento, contribuindo para tornar a cidade mais bonita e limpa.

Sublinhando que a cidade vai funcionar como "montra" durante os dias 9 e 10 de junho, o líder da autarquia lembrou que a realização daquele evento em Faro "impõe muito trabalho a todos".

"Quero lançar um desafio ao orgulho dos farenses e pedir-lhes para ter a cidade limpa, pintada e caiada", referiu, lembrando que as imagens da cidade vão ser altamente difundidas através da Imprensa.

Os locais onde vão decorrer as comemorações ainda não estão definidos, mas a autarquia está a ponderar que o desfile militar se realize num terreno adjacente ao Teatro das Figuras, cuja sala poderá servir para as cerimónias de condecoração de individualidades.

O presidente da Câmara de Faro disse querer envolver escolas, artistas e associações culturais no espírito das comemorações, adiantando que nos dias anteriores às comemorações terão lugar várias festas e eventos na cidade.

A partir de agora, uma equipa da Câmara de Faro irá trabalhar em estreita colaboração com o Palácio de Belém na delineação do programa definitivo.

Ao longo de todo o seu mandato como Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva tem escolhido diferentes cidades como sede das comemorações do Dia de Portugal.

No ano passado a cidade escolhida foi Santarém e nos anteriores Viana do Castelo (2008), Setúbal (2007) e Porto (2006).

Lusa

Pub