Pub

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

O presidente da Câmara de Loulé enalteceu o “papel, particularmente relevante”, da comunidade católica local e regional para a integração da imigração cabo-verdiana.

Vítor Aleixo falava no passado domingo na sessão de boas-vindas ao Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, que decorreu no Cine-Teatro Louletano.

“Tem sido um trabalho completo que provê não apenas às necessidades espirituais, mas também às sociais, culturais e outras. Daqui envio os meus parabéns à Igreja Católica pelo seu excelente trabalho em prol da comunidade cabo-verdiana em Loulé e no Algarve. E aqui, permitam-me, mais uma vez e ainda, que vos peça uma enorme e merecida ovação para aquele que sempre foi o rosto público dessa nobre missão, o agora vigário geral, nosso querido amigo, padre César Chantre”, afirmou o autarca.

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

O vigário geral da diocese algarvia agradeceu as palavras do presidente do município. O cónego Carlos César Chantre congratulou Vítor Aleixo pela “lição de diversidade” através da qual sublinhou a “importância da história de um povo”. “Na Europa não é muito vulgar que os responsáveis públicos falem da Igreja Católica como falou porque, como sabe, a Europa sofre de complexos de cultura, de história e de religião”, acrescentou.

Pub