Pub

Em declarações à Lusa, Desidério Silva salienta que há uma necessidade “urgente” de ampliação do centro de saúde da cidade já que muitos turistas e residentes de concelhos limítrofes recorrem àquele serviço.

A autarquia já conseguiu a cedência de um terreno anexo ao local onde funciona o centro de saúde à Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve para que o espaço possa ser ampliado e dotado de mais meios humanos.

“Há uma necessidade urgente de ampliação porque o centro de saúde de Albufeira serve não só os residentes como outros de concelhos em que foram encerrados serviços de saúde, como Silves, além dos turistas”, aponta o autarca.

Para Desidério Silva estão reunidas todas as condições para que a obra, da responsabilidade do Governo, seja executada de imediato, tal como a ligação da Via Infante (A22) à zona do parque de campismo da cidade.

O projeto está integrado na requalificação da EN 125 e segundo o presidente da autarquia pode começar “assim que a Estradas de Portugal o entender” uma vez que a obra não provoca implicações diretas na circulação na A22.

Segundo o autarca, aquela ligação, cuja extensão é de cerca de 1,7 quilómetros evitaria os engarrafamentos numa das principais entradas na cidade, deverá estar pronta até 2013.

Lusa

Pub