Pub

O Presidente da República visitou na passada sexta-feira a Santa Casa da Misericórdia de São Brás de Alportel e deixou uma mensagem de solidariedade, de reconhecimento, de alento e de esperança.

A iniciativa decorreu no âmbito da visita que realizou ao município são-brasense, integrada no conjunto de vindas ao Algarve que está a realizar desde junho para apoiar a região, particularmente afetada pela crise provocada pela pandemia.

Os idosos aproveitaram as janelas e as varandas para cumprimentar e acompanhar em segurança Marcelo Rebelo de Sousa, que acompanhado pelo provedor Júlio Pereira, ficou a par de todo o esforço e empenho que têm sido aplicados naquela instituição para proteger os seus utentes e equipas profissionais, assim como ao nível das respostas às crianças e às famílias.

Lembrando a longevidade de Portugal, o chefe de Estado vincou que os portugueses continuam a resistir. “Todo o mundo está a fazê-lo, mas nós estamos a fazê-lo à nossa maneira e essa maneira está presente neste concelho”, observou.

“Já sabia que ia ter uma vertente social com a visita à Santa Casa da Misericórdia que foi afetivamente muito intensa e participada das crianças até aos utentes do Lar e passado pelos utentes do Centro de Dia”, sustentou no final da visita ao concelho.

Marcelo Rebelo de Sousa esteve ainda na Fábrica Museu Ferox, na fábrica de doces “Ti Marquinha”, visitou a obra de ampliação do circuito acessível no troço da Avenida da Liberdade e conheceu o comércio local e a comunidade são-brasense, antes de seguir para a Casa Memória da EN2.

Pub