Pub

Os 150 militares da GNR destacados para o Algarve entre 01 de junho a 15 de setembro serão ainda reforçados por mais 224 homens, que atuarão, pontualmente, em eventos desportivos ou musicais de grande dimensão.

O reforço sazonal da PSP será apenas entre 15 de julho e 15 de setembro, altura durante a qual estarão ao todo no Algarve 18 equipas do CI, com 234 homens e 36 viaturas, que patrulharão as zonas balneares em regime de rotação.

Em declarações à agência Lusa, fonte do comando de Faro da PSP adiantou que estarão semanalmente, naquele período, duas equipas da força especial na região – com 26 homens e quatro viaturas -, que serão depois de sete dias substituídas por outras duas.

"Com este reforço sazonal, podemos garantir que diariamente, além de todo o empenho do nosso pessoal, teremos essas duas equipas", frisou a mesma fonte, acrescentando que a sua principal tarefa será patrulhar as áreas turísticas.

Até ao final de junho chegarão ainda mais 20 agentes da PSP, que irão, tal como os outros 14 do CI que chegam no sábado, reforçar de forma permanente aquele comando, elevando de 840 para 874 o número definitivo de polícias na região.

Os primeiros agentes a chegar serão destacados para a Unidade Especial de Polícia (UEP), que funciona em novas instalações junto ao aeroporto de Faro, mas o seu raio de ação é de abrangência distrital, frisou a mesma fonte.

O horário dos três postos de turismo da PSP na região, em Lagos, Portimão e Vila Real de Santo António, será ainda alargado durante a época de verão.

Quanto à GNR, além dos 150 militares que entram em funções no sábado, serão destacados 224 militares, ao todo, para eventos de grande dimensão.

Assim, 78 serão destacados para a concentração de motos de Faro, 46 para o torneio internacional do Guadiana, 50 para Odeceixe devido à realização do Festival do Sudoeste e outros 50 para um festival de música em Sagres.

Lusa

Pub