Pub

David Murta, diretor da Escola de Hotelaria e Turismo (EHT), explicou à Lusa que a iniciativa vai ser realizada no âmbito “da parceria que a escola tem com a Câmara de Tavira para a promoção da candidatura da Dieta Mediterrânica a património da humanidade da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO)”.

O programa vai incluir palestras, workshops, exposição de produtos típicos do sotavento algarvio e de fotografias alusivas a alguns dos recursos desta área geográfica do Baixo Guadiana, adiantou.

David Murta acrescentou que, além de “promover e divulgar a gastronomia mediterrânica, a sua herança cultural e os recursos endógenos do Baixo Guadiana”, a iniciática visa também “dar a conhecer as atividades da EHT aos hoteleiros, empresários, entidades oficiais, escolas e público em geral”.

A iniciativa conta ainda, segundo David Murta, com a participação de alunos do curso de especialização tecnológica em Gestão e Produção de Cozinha da escola e da ação de formação profissional de Técnico de Informação e Animação Turística do Centro de Emprego e Formação Profissional de Faro, a decorrer em Vila Real de Santo António.

“Está prevista uma abertura institucional, seguida de palestra sobre ‘Recursos Endógenos – salvaguardar a herança, garantir o futuro’ e de dois workshops, um sobre a ‘Gastronomia Mediterrânica’, a cargo dos chefes Henrique Mouro e Joaquim Feliciano, e outro sobre ‘Cozinha Típica vs. Cozinha de Autor’, a cargo dos chefes e formadores da EHT de Vila Real de Santo António Jorge Rodrigues e Luís Parreira”, acrescentou.

Os participantes podem depois degustar produtos tradicionais do Baixo Guadiana na exposição paralela ao evento, que inclui ainda um almoço confecionado pelos alunos de Gestão e Produção de Cozinha da escola.

Lusa

Pub