Pub

Em comunicado hoje divulgado, os sociais-democratas do Algarve apelam ao Governo para promover “consensos” e sublinham a importância de “sentar à mesa” dirigentes turísticos, económicos e políticos da região para que, em conjunto, se encontrem “alternativas viáveis e que funcionem”.

Luís Gomes, presidente da Distrital do PSD algarvio, recorda o peso económico dos mercados de proximidade, como é o caso da Andaluzia, e a necessidade de agilizar os métodos de pagamento aos milhares de turistas, empresas e visitantes que diariamente utilizam a ponte do Guadiana como porta de entrada no Algarve.

O PSD/Algarve considera ainda fundamental ampliar a informação disponível aos veículos de matrícula estrangeira que entram em Portugal, e entende que devem ser “claramente identificados os percursos alternativos à A22”.

Esta segunda-feira o deputado algarvio do PSD, Cristóvão Norte, tinha já defendido a revisão do sistema de cobrança de portagens na A22, comparando a situação que se registou na Páscoa com a época em que ainda existiam fronteiras.

Liliana Lourencinho com Lusa

Pub