Pub

Segundo um comunicado da PSP, os dois suspeitos, de 30 e 41 anos e já referenciados pelas autoridades, foram detetados pelos agentes cerca das 02:00 numa carrinha de mercadorias na principal rua de comércio da cidade.

Ao efetuarem uma busca à carrinha, os agentes encontraram material habitualmente usado na prática de furtos como luvas, gorros, martelos, pés de cabra e caixas em papelão, supostamente para acondicionar os artigos furtados.

Apesar de não terem sido apanhados em flagrante, a PSP acredita que os homens, suspeitos de outros furtos em perfumarias, se preparavam para realizar um “furto de grandes dimensões”, lê-se no comunicado.

Os suspeitos – oriundos de um país estrangeiro mas em situação legal no País – foram identificados pela Polícia, que apreendeu também a viatura em que se deslocavam e o material alegadamente usado nos furtos, disse fonte da Polícia de Segurança Pública (PSP) à agência Lusa.

Segundo a mesma fonte, a carrinha de mercadorias em que os suspeitos transportavam o material não é sua propriedade, estando agora a Polícia a investigar se a mesma foi furtada.

A PSP diz ainda ter detido dois homens de 29 e 39 anos, em Lagos, por tráfico de estupefacientes, tendo apreendido cerca de mil doses de droga, entre cocaína e heroína, que tinham na sua posse e também em casa.

Durante uma busca domiciliária foi ainda apreendido dinheiro, uma balança de precisão e dezenas de artigos eletrónicos, que a Polícia suspeita terem sido adquiridos através dos negócios com droga.

Na sua área de atuação no Algarve, a GNR diz ter detido quarta feira seis pessoas por crimes vários, cinco por condução sob efeito do álcool e uma por tráfico de droga, a quem foram apreendidas 20 doses de heroína.

Lusa

Pub