Pub

O homem sobre o qual pende o mandado, de 26 anos, foi detido em conjunto com uma mulher, de 41, também romena, por suspeitas de burla em todo o país.

Segundo adianta a PSP em comunicado, a estratégia dos detidos baseava-se em adquirir bens de baixo valor, pagando-os com uma nota de 200 euros e recebendo troco.

Após receber o troco, os suspeitos argumentariam perante a pessoa que os estava a atender que afinal tinham dinheiro trocado, devolvendo as notas do troco inicial.

Contudo, segundo explicou à Lusa fonte da PSP/Faro, sem que o empregado se apercebesse, retiravam rapidamente do troco inicial uma parte da quantia.

O "modus operandi" terá sido repetido em diferentes estabelecimentos comerciais do país até à detenção dos suspeitos, em Faro.

Depois de uma consulta ao sistema "Schengen", as autoridades verificaram que sobre um dos suspeitos pendia um mandado de detenção emitido pela Roménia.

A PSP deteve ainda em Portimão e em Olhão dois homens, de 23 e 70 anos, por condução sem habilitação legal, de automóvel e moto, respetivamente.

Em Faro, a polícia deteve ainda um homem de 43 anos por se encontrar em situação ilegal em Portugal.

Lusa

Pub