Pub

A Polícia de Segurança Pública (PSP) anunciou na quarta-feira a detenção, na terça-feira, de três pessoas suspeitas de traficarem droga nas cidades algarvias de Faro e de Olhão, estando a ser investigadas há cerca de cinco meses.

Em comunicado, a PSP indicou que os detidos, dois homens e uma mulher, com idades entre os 35 e os 40 anos, “desenvolviam, alegadamente, a atividade de venda de estupefacientes nas cidades de Faro, Olhão e seus arredores”.

Segundo a polícia, foram ainda identificados e constituídos arguidos dois outros homens suspeitos de também estarem envolvidos.

Durante a operação policial, foram apreendidas cerca de 390 doses de cocaína, sete doses de haxixe, cerca de 1.600 euros em dinheiro, quatro balanças de precisão, artigos em ouro, seis telemóveis, uma arma de airsoft (réplica de metralhadora UZI), dois computadores e um taco de basebol.

Nas buscas à casa dos suspeitos, a PSP apreendeu ainda “diverso material adequado à divisão e acondicionamento do referido produto em doses individuais”.

A PSP crê que a operação constitui “um duro golpe na criminalidade desta índole”, dada a extensão da alegada “atividade criminosa praticada” pelo grupo.

Os detidos foram ouvidos em tribunal em primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação.

Pub