Pub

Missa_nova_pe_rafael_rocha (5)
Foto © Samuel Mendonça

Quase 56 anos depois de ter assistido à ordenação do último sacerdote, filho da terra, Quarteira participou ontem em festa na “missa nova” do padre Rafael Rocha, natural daquela freguesia.

O novo padre regressou ontem de manhã à sua terra natal para a sua primeira celebração da eucaristia, tendo sido acolhido na igreja de São Pedro do Mar, completamente repleta de cristãos em festa, onde há duas semanas tinha sido ordenado sacerdote.

Aquela igreja, que tinha acolhido a sua iniciação cristã (batismo, primeira comunhão e crisma) em 2008, revelou-se também um marco na sua caminhada rumo ao sacerdócio. Isso mesmo começou por destacar o novo sacerdote no início da eucaristia. O padre Rafael Rocha lembrou que, para além de ter sido ali batizado, feito a primeira comunhão e crismado, foi também ali instituído nos ministérios de leitor e de acólito, antes de ali ser ordenado no passado dia 26 de junho.

“É com grande alegria que estou aqui hoje convosco. Um grande agradecimento a vós todos pela força que viestes dar-me porque, realmente, é um momento muito importante da minha vida”, afirmou.

Antes de a celebração terminar, o novo sacerdote agradeceu à Santíssima Trindade, aos seus familiares falecidos, à família na figura da tia que a representou, ao padre Elísio Dias, seu antigo pároco, às irmãs da Congregação da Divina Providência e Sagrada Família, à madrinha, a irmã Rosa Santos, ao padre José Joaquim Campôa, seu pároco, aos Seminários de Faro e Évora, ao padre Manuel Rodrigues, seu diretor espiritual, aos seus colegas seminaristas e às paróquias de Quarteira e de Tavira.

Para além dos cristãos da paróquia de Quarteira, a celebração contou também com muitas pessoas das paróquias de Tavira, onde esteve a estagiar o recém-ordenado sacerdote.

Pub