Pub

A estas velas há ainda que somar as que foram vendidas nos espaços comerciais ‘Pingo Doce’ do Algarve e que ainda não estão contabilizadas.

Recorde-se que da venda das velas, pelo valor um euro cada, 65% da receita reverterá para o Fundo Social da Diocese do Algarve, enquanto os restantes 35% serão canalizados para um programa de ajuda alimentar para o povo da Somália.

No entanto, o presidente da Caritas Diocesana do Algarve explicou à FOLHA DO DOMINGO que do valor angariado há ainda que proceder à liquidação de despesas associadas à campanha.

A Caritas Diocesana do Algarve, em comunhão com a Caritas Portuguesa, promoveu, pelo 9º ano consecutivo, esta iniciativa que tem como objetivo a proclamação dos valores da paz, da justiça e da solidariedade e, consequentemente, a partilha generosa com os mais pobres e os excluídos da sociedade com particular premência num distrito que aparece recorrentemente com o maior número de desempregados do país.

A Caritas convidou cada português a acender a vela na noite de 24 de dezembro, véspera de Natal, e a colocá-la à janela da sua casa.

A campanha chegou também este ano às novas tecnologias, sob o mote ‘Ilumine a vida de quem mais precisa’, englobando duas novas aplicações para IPhone e IPad, uma vela digital (1,60 euros), disponível na Apple Store.

A campanha ’10 Milhões de Estrelas – Um Gesto pela Paz’ contou este ano com apoio do futebolista Nuno Gomes, da jornalista Fátima Campos Ferreira, do apresentador Jorge Gabriel e o bispo de Bragança-Miranda, D. José Cordeiro.

Também a Liga Portuguesa de Futebol Profissional se associou à iniciativa.

Samuel Mendonça
Pub