Pub

A directora regional da Cultura do Algarve adiantou na passada sexta-feira, dia 3 de Setembro, em Silves, na cerimónia de assinatura do protocolo “Rota das Catedrais” que também já estão definidas as acções e já está feita a minuta do protocolo que está neste momento a ser negociado com a Câmara de Faro para a recuperação da Sé daquela cidade, a outra catedral algarvia contemplada no projecto.

Dália Paulo explicou que a iluminação cénica da Sé, feita este ano pela Direcção Regional da Cultura, já foi inspirada neste projecto.

“Tal como a Sé de Silves, a Sé de Faro apresenta vários problemas estruturais em termos de cobertura em muitas das capelas”, explicou Dália Paulo, garantindo que estes são alguns dos “problemas mais graves” do templo, mas que a “prioridade da intervenção” será a torre sineira e o coro alto.

A directora Regional da Cultura adiantou ainda que na Sé de Faro, que já tem núcleo museológico, o projecto visa apenas “repensá-lo para o tornar mais atractivo”.

Samuel Mendonça

Pub