Pub

RyanairA companhia aérea de baixo custo Ryanair quer alcançar 1,9 milhões de passageiros no aeroporto de Faro em 2016, embora não estime abrir novas rotas para o Algarve no próximo ano, disse hoje à Lusa um responsável da empresa.

Até julho de 2015, a companhia transportou de e para o Algarve aproximadamente 1,8 milhões de passageiros.

A operação da companhia irlandesa no aeroporto algarvio representa já 30% do movimento ali registado, mas a empresa considera que há margem para crescimento, sendo a Alemanha uma das apostas prioritárias para o futuro, afirmou Jose Espartero, responsável pelas vendas e marketing da companhia na Península Ibérica.

Apesar de não estar prevista qualquer nova rota para 2016, no próximo verão a companhia vai aumentar a frequência de voos a partir de Faro, sobretudo para o Reino Unido, nomeadamente para Londres, passando de 18 para 22 voos semanais, o que significa que passa a haver três voos diários, para Manchester, que passa para 14 voos, e para Bournemouth, que passa para cinco voos por semana.

Segundo disse à Lusa o mesmo responsável, os voos semanais de Faro para Cork, na Irlanda, passam de quatro para cinco e para Colónia, na Alemanha, de três para cinco.

Durante o verão (entre março e outubro), a companhia opera com 25 rotas semanais a partir de Faro, número que no inverno desce para 14, embora a Ryanair transporte aproximadamente 30% dos passageiros que passam pelo aeroporto algarvio.

A Ryanair iniciou a operação em Faro em 2003, mas só desde 2010 é que o aeroporto da capital algarvia se tornou numa das bases da companhia em Portugal, atualmente quatro: Faro, Lisboa, Porto e Ponta Delgada, nos Açores.

A maioria dos voos a partir de Faro são para o Reino Unido, mas também há rotas para o Porto (o único voo doméstico), Bélgica, Holanda, Irlanda, Alemanha e França.

A companhia dispõe de sete aviões na sua base em Faro, durante o verão, número que Jose Espartero pensa que poderá vir a aumentar em breve.

Pub