Pub

Segundo Rui Oliveira foram ao todo três chegadas e três partidas de ligação entre a capital algarvia e aquele país que tiveram que ser canceladas, afetando os voos de três aviões, dois da companhia Ryanair e um da EasyJet.

Quatro dos voos foram cancelados ainda durante a manhã de ontem, enquanto os restantes dois deveriam apenas realizar-se à tarde, acrescentou a mesma fonte, porta-voz da empresa que gere os aeroportos portugueses.

A nuvem de cinzas na sequência da erupção do vulcão Grimsvotn mantém-se afastada do espaço aéreo português mas, está a atingir o noroeste das ilhas britânicas, Mar do Norte e Rússia, disse à agência Lusa o meteorologista Paulo Narciso.

O vulcão islandês Grimsvotn, o mais ativo do país, entrou em erupção no domingo, mas os cientistas acreditam que não irá provocar o caos nos transportes aéreos tal como aconteceu em 2010 com as erupções do Eyjafjallajokul.

A decisão de voar ou suspender os voos ficou deixada às próprias companhias ainda que estas tenham que pedir sempre autorização à Autoridade da Aviação Civil britânica.

Lusa
Pub