Breves
Inicio | Igreja | Seminaristas algarvios em voluntariado no Refeitório Social da paróquia de Quarteira (com fotos)

Seminaristas algarvios em voluntariado no Refeitório Social da paróquia de Quarteira (com fotos)

Os seminaristas algarvios António de Almeida (ano propedêutico), Tiago Veríssimo (1º ano), Fernando Rafael Rocha (3º ano), José Chula (4º ano) e Nelson Rodrigues (5º ano) confecionaram o almoço para quase 200 pessoas e serviram a refeição aos cerca de 150 utentes que beneficiam diariamente daquela valência do Centro Paroquial de Quarteira. Os restantes 50 almoços foram preparados para as crianças da nova creche do Centro Paroquial de Quarteira.

Nelson Rodrigues, um dos seminaristas participantes explicou à FOLHA DO DOMINGO que a ideia foi proposta pelo Fernando Rafael Rocha, natural de Quarteira, num dos encontros semanais no Seminário Maior de Évora (onde os seminaristas algarvios completam estudos) com o intuito de “envolver mais os seminaristas do Algarve na vida das paróquias” da sua diocese.

Orientados pelo responsável do refeitório social e em colaboração com algumas funcionárias da cozinha e com dois membros da paróquia, os jovens ajudaram ainda a acondicionar as refeições entregues no domicílio dos beneficiários que não podem sair de casa. De tarde, puderam ainda conviver com os utentes e trabalhadores, proporcionando alguns momentos de animação.

Nelson Rodrigues testemunha que a experiência, acertada previamente com o pároco, foi “muito positiva”, possibilitando conhecer o funcionamento daquela instituição que dá corpo ao serviço social implementado pela paróquia de Quarteira. “O refeitório faz um grande trabalho”, reconhece o seminarista, destacando ainda que aquele é um “trabalho duro” para a maioria dos funcionários que o realiza, que são quase na totalidade senhoras.

Os seminaristas algarvios manifestam intenção de realizar outras iniciativas do género noutros períodos das suas férias letivas.

O Refeitório Social do Centro Paroquial de Quarteira, criado em 1995, pelo pároco de Quarteira, o padre Elísio Dias, fornece almoços diários, exceto aos domingos. Esta valência do apoio social paroquial tem como beneficiários pobres, sem-abrigo, toxicodependentes, prostitutas, entre outros utentes, que ali recebem uma refeição composta por sopa, segundo prato de carne ou peixe e sobremesa.

Samuel Mendonça

Verifique também

Missionários redentoristas celebraram 50 anos de presença no Algarve

A comunidade algarvia da congregação do Santíssimo Redentor, cujos membros são conhecidos como missionários redentoristas, …