Pub

A tomada de posse ocorreu no passado dia 29 de Janeiro, em Beja, no Teatro Pax Júlia, numa sessão formal, onde estiveram presentes o ministro da Agricultura, António Manuel Soares Serrano e diversos presidentes de câmara de regiões vitivinícolas, entre os quais o presidente da Câmara de Beja, que será a “Cidade do Vinho 2010”. Durante essa sessão formal foi homenageado o presidente cessante da RECEVIN, Floriano Zambon, actualmente dirigida pelo português Paulo Caldas, presidente da Câmara do Cartaxo.

A AMPV desenvolve uma acção continuada na promoção dos vinhos nacionais, das rotas a ele ligadas e dos municípios que revelam boas práticas na defesa deste produto tradicional e dos vitivinicultores. Nesse sentido, divulga e está presente numa série de eventos ao longo do ano, que vão desde a “Festa do Vinho” (Cartaxo), até à “Festa das Vindimas” (Palmela), passando pela “Ruralidades”, que tem lugar em Silves. Todos estes eventos são divulgados nos suportes comunicacionais institucionais daquela associação (jornal, site, newsletter, entre outros) e junto dos diversos associados, havendo vários encontros ao longo do ano, para a planificação de acções concertadas de promoção da imagem do vinho e dos municípios a ele ligados. Nesse sentido, no dia 19 de Abril, os membros do concelho directivo reunir-se-ão em Silves, para debater esta temática.

A Câmara de Silves igualmente estará presente, numa parceria com a AMPV, na sala Ogival do Palácio da Bolsa do Porto, juntamente com os produtores do concelho, no próximo mês de Maio, para promover o seu território e os produtos tradicionais junto dos consumidores, jornalistas e empresários nortenhos.

A participação da autarquia neste tipo de eventos está ligada à criação da marca “Vinhos de Silves”, apresentada em Agosto de 2009 no Castelo e que resulta do facto de este concelho ter, no momento, um conjunto já assinalável de produtores vitivinícolas, que nos últimos anos têm vindo a afirmar-se no mercado, recebendo prémios em certames nacionais e internacionais e o reconhecimento da crítica pela qualidade dos seus produtos. Assim, a autarquia, num esforço de promover e incentivar as actividades tradicionais, editou uma brochura (em português e inglês), que permite conhecer os oito produtores que têm a totalidade ou parte da sua produção em Silves. Os “Vinhos de Silves” são: Y e Xelb, Vinhos João Clara, Barranco Longo, Vinhos Cabrita, Quinta do Francês, Paxá, Marquês dos Vales e Foral de Portimão.

Pub