Pub

Antes de serem passados aos jovens das paróquias que constituem a Vigararia de Loulé, por onde se encontram esta semana, os símbolos da Jornada Mundial de Juventude (JMJ) estiveram no passado sábado de manhã no Mercado Municipal de Faro, o dia de maior afluência de visitantes.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A cruz e o ícone mariano chegaram ali por volta das 8h, tendo sido colocados na praça central para curiosidade da maioria das pessoas.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Em mais um momento de interação com a população, a presença dos símbolos foi explicada com ajuda de panfletos distribuídos aos passantes. Esse trabalho foi realizado pela coordenadora do Setor da Pastoral Juvenil da Diocese do Algarve, Vânia dos Santos, pelo diácono Samuel Camacho e pelo padre Francisco Molho, coordenador do Departamento Diocesano de Pastoral Juvenil da Diocese de Beja.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Quem também passou pelo Mercado Municipal de Faro para cumprimentar aqueles voluntários foi o bispo do Algarve, D. Manuel Quintas.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A Cruz da JMJ foi entregue pelo Papa João Paulo II aos jovens em abril de 1984 e marcou o início de uma peregrinação da juventude de todo o mundo; em 2000, o mesmo pontífice confiou aos jovens uma cópia do ícone de Nossa Senhora ‘Maria Salus Populi Romani’.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Pub