Símbolos da Jornada Mundial da Juventude visitaram utentes do lar das Missionárias da Caridade (c/vídeo e fotos)

95
Pub

Os símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em peregrinação pelo Algarve, visitaram na passada sexta-feira, em Faro, o lar das Missionárias da Caridade, mais conhecidas como irmãs de Madre Teresa de Calcutá, a sua fundadora.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A cruz e o ícone mariano estiveram cerca de uma hora na capela do edifício daquelas religiosas para a oração do terço com as pessoas carenciadas que acolhem, conhecidas como as mais pobres de entre as pobres por falta de recursos e de apoio familiar. São na sua maioria idosos, doentes, sem quaisquer meios de subsistência.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A eles juntaram-se outras pessoas que quiseram aproveitar o momento de oração junto daqueles objetos simbólicos.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A Cruz da JMJ foi entregue pelo Papa João Paulo II aos jovens em abril de 1984 e marcou o início de uma peregrinação da juventude de todo o mundo; em 2000, o mesmo pontífice confiou aos jovens uma cópia do ícone de Nossa Senhora ‘Maria Salus Populi Romani’.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Pub