Inicio | Sociedade | ‘Sul Informação’ apresentou-se renovado

‘Sul Informação’ apresentou-se renovado

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Nascido a 26 de setembro de 2011, o jornal onlineSul Informação‘ apresentou na passada sexta-feira uma nova atualização da sua plataforma, naquela que é a terceira versão desde que foi fundado e que compreende muito para além da mera renovação do layout.

O jornal de informação sobre o Algarve e Baixo Alentejo, fundado por três jornalistas associados da ‘Página em Branco – Associação de Jornalistas e Comunicadores Independentes’ que detém a sua propriedade, conta desde 2016 com quatro jornalistas efetivos e tem desenvolvido o seu trabalho exclusivamente em versão online. “Desde o início, apostámos num jornal que fosse única e assumidamente online. Neste momento já não se justifica – e, sobretudo, no Algarve que não somos muitos – apostar em jornais impressos”, disse a diretora daquele órgão de comunicação social na sessão de apresentação da nova versão que decorreu nas instalações da sua redação no Campus de Gambelas da Universidade do Algarve.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Elisabete Rodrigues disse ainda que o ‘Sul Informação’, “desde o início, apostou na inovação”. “As tecnologias mudam e nós temos que tentar ir à frente. Este é um trabalho que resulta de uma candidatura que fizemos aos incentivos à imprensa regional e o que vamos apresentar ainda é só metade do que vamos fazer, mas já é a parte mais visível”, anunciou, explicando que o trabalho da renovada plataforma online foi feito com a ‘Nova Página’, empresa dedicada ao desenvolvimento de soluções para a internet, sediada em Faro.

Sem querer desvendar muito em relação aos projetos futuros, a diretora adiantou apenas que “um deles tem a ver com o Alentejo” e que outro permitirá o alargamento da parceria já em curso com o ‘Jornal de Notícias’.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Quem adiantou um pouco mais em relação ao futuro foi o jornalista Nuno Costa, que apresentou as principais funcionalidades no novo site, revelando que a segunda fase do projeto de desenvolvimento digital do ‘Sul Informação’ “passará pela criação de uma aplicação móvel” que disse estar já a ser desenvolvida. “Será uma aplicação móvel que permitirá fazer muitas destas coisas que foram aqui apresentadas”, divulgou.

E essas novas funcionalidades, apresentadas na sexta-feira, ajudaram, segundo os jornalistas do ‘Sul Informação’, a transformar um “site estático” num “site que pode ser muito dinâmico”. “Mudámos completamente o paradigma daquilo que era o nosso site. Tínhamos uma organização baseada numa linha cronológica do tempo e passámos a ter um site organizado por categorias”, começou por explicar Nuno Costa, destacando que “a primeira grande novidade” implementada foi a “personalização de conteúdo” que permite que sejam escolhidas até cinco categorias, de acordo com o interesse pessoal de cada leitor, que passam a aparecer-lhe em primeiro lugar quando se regista. A seleção noticiosa pode também ser feita por concelho.

Elisabete Rodrigues reforçou que a mobilidade das categorias permitirá alterar a sua ordem quando for conveniente.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Outras das novidades apresentadas foram a possibilidade de o leitor adicionar automaticamente ao calendário Google (Android) ou iCal (Apple) os eventos noticiados, a criação de uma galeria de vídeos (uma vez que o ‘Sul Informação’ tem uma equipa dedicada apenas à produção de vídeo-reportagens) e a inclusão de uma barra de acessibilidade que disponibiliza a leitura dos conteúdos em voz alta, o aumento do tipo de letra ou a conversão em caracteres para disléxicos.

Elisabete Rodrigues reforçou ainda a aposta do ‘Sul Informação’ nos conteúdos gratuitos. “Nós não temos conteúdos pagos. Achamos que em Portugal isso não funciona muito bem e no Algarve não funciona de certeza”, disse a propósito da nova possibilidade de os leitores poderem apoiar financeiramente o trabalho daquele órgão de informação.

Verifique também

Bombeiros do Algarve estão a reportar à Proteção Civil, garante CDOS

Os bombeiros algarvios rejeitaram a decisão da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) de não reportar …