Pub

Os dados do INE mostram que o desemprego subiu em todas as regiões (NUTS II) do país no último trimestre do ano passado, com exceção da Madeira, onde a taxa caiu de 14,3 por cento para 13,5 por cento.

A maior subida ocorreu no Algarve. Do terceiro para o quarto trimestre, houve um aumento de 4,2 pontos percentuais, atingindo-se o valor de 17,5 por cento.

Calculando os valores médios para o cômputo de 2011, o Algarve é também a região com a taxa de desemprego mais elevada, nos 15,6 por cento.

Ainda de acordo com os números do INE, a segunda região com mais desemprego no final do ano passado era os Açores, com 15,1 por cento.

A região com a taxa mais reduzida continua a ser o Centro, com 12,6 por cento. Ainda assim, mesmo no Centro a taxa subiu 3,2 pontos percentuais relativamente ao trimestre anterior. A taxa está agora acima dos dois dígitos em todas as regiões do país.

A nível nacional, a taxa de desemprego em Portugal no quarto trimestre de 2011 atingiu os 14 por cento, ficando acima das estimativas dos economistas contactados pela agência Lusa, que esperavam uma taxa entre os 13 e os 13,5 por cento.

A taxa de desemprego média anual situou-se nos 12,7 por cento.

Lusa
Pub