Pub

Em comunicado, a AHETA informa que a taxa de ocupação global média por quarto em janeiro foi de 24,3 por cento, correspondendo a um valor idêntico verificado no período homólogo de 2010.

Apesar de a taxa de ocupação se ter situado ao nível do ano anterior e de se ter registado “uma recuperação da estadia média”, o volume de negócios baixou 7,1 por cento, acrescenta a AHETA.

As zonas Lagos e Sagres registou a taxa mais baixa, com 16,9 por cento, enquanto que Monte Gordo, no concelho de Vila Real de Santo António, registou a taxa de ocupação mais elevada: 57,8 por cento.

As zonas de Vilamoura-Quarteira, Quinta do Lago, Carvoeiro e Armação de Pêra também registaram quebras, mas pouco significativas, refere a nota de imprensa.

As unidades de cinco estrelas foram as que registaram as maiores oscilações negativas.

Lusa

Pub