Pub

O concerto, integrado na digressão mundial "Voltarei à Minha Terra", será "único" e "adaptado à envolvente criada pelo “prémio Nobel” da arquitetura (prémio Pitzker), nomeadamente em luz e som, interagindo com o edifício quinhentista", adiantou a mesma fonte.

A artista, que durante anos foi a voz dos Madredeus, vai estar em palco ao lado de Carisa Marcelino (acordeão), André Santos (guitarra clássica), Óscar Torres (contrabaixo) e Rui Lobato (percussão), num espetáculo que terá uma lotação limitada para 900 lugares e para o qual os bilhetes custam 15 euros.

Na digressão "Voltarei à Minha Terra", Tereza Salgueiro canta autores portugueses do século XX, como Fausto, Zeca Afonso e Lopes Graça, entre outros.

"O Convento das Bernardas é um projeto sob a chancela do reconhecido arquiteto Souto Moura, que tem como desafio transformar o monumento com cinco séculos de História em habitação moderna e inovadora, à semelhança do que acontece noutros países europeus", disseram ainda os organizadores.

Além de Convento, o edifício também albergou uma fábrica de moagem e estava em ruínas, devendo as obras de conclusão do novo condomínio privado idealizado por Souto Moura estarem concluídas no final deste ano.

Lusa
Pub