Pub

Dele fazem parte como membros natos o padre Firmino Ferro, vigário geral e os cónegos José Pedro Martins, vigário episcopal da pastoral e reitor do Seminário diocesano, e monsenhor Joaquim Cupertino, presidente do Cabido da Catedral.

Como membros eleitos foram escolhidos os padres António de Freitas, representante dos sacerdotes dos Secretariados Diocesanos de Pastoral, domingos da Costa, representante dos sacerdotes religiosos, José Joaquim Campôa, representante da vigararia de Portimão, Henrique Varela, representante da vigararia de Loulé, Manuel Rodrigues, representante da vigararia de Faro e Joaquim Correia Ferreira, representante da vigararia de Tavira.

Recorde-se que estes foram eleitos pelos seus pares em reuniões das quatro vigararias algarvias.

O Conselho Presbiteral inclui ainda os membros nomeados, designados pelo bispo diocesano, que foram os padres Carlos de Aquino e Mário de Sousa.

O Secretariado Permanente do Conselho Presbiteral é constituído pelos padres Mário de Sousa como moderador, Carlos de Aquino como secretário e Manuel Rodrigues como vogal.

O Conselho Presbiteral, constituído em cada diocese a teor do cânone 495 do Código de Direito Canónico, é uma espécie de senado do bispo, que representa o presbitério, manifesta a comunhão entre o próprio bispo e o seu presbitério e exprime a fraternidade existente entre os sacerdotes. A este órgão consultivo compete auxiliar o bispo no governo da diocese, nos termos do direito e dos estatutos em vigor, para que seja promovido o “bem pastoral do povo de Deus”.

Samuel Mendonça
Pub