Breves
Inicio | Sociedade | Torneio Portugal Solidário em Albufeira angaria quase 500.000 euros com patrocínio do Presidente da República

Torneio Portugal Solidário em Albufeira angaria quase 500.000 euros com patrocínio do Presidente da República

Foto © Filipe Farinha/Lusa
Foto © Filipe Farinha/Lusa

O Presidente da República, Cavaco Silva, congratulou-se no passado sábado por ter aceitado o desafio para patrocinar o torneio de golfe Portugal Solidário, que ao longo de nove edições angariou, disse, perto de 500.000 euros para instituições de solidariedade social.

No discurso que proferiu no jantar de entrega de prémio do torneio, disputado sábado em Albufeira, Cavaco Silva lembrou que esta nona edição foi aquela que, “pela última vez, recebeu o patrocínio” como Presidente da República e manifestou-se orgulhoso por, a par desta iniciativa, ter também lançado os roteiros para a inclusão social.

“Foi há precisamente nove anos que chegou à Presidência da República, pela mão de Mário Carvalhosa, a sugestão de eu patrocinar a realização de um torneio de golfe. Quero dizer-vos que não recebi com entusiasmo essa proposta, apesar de reconhecer no golfe um contributo importante para o desenvolvimento do turismo português”, reconheceu Cavaco Silva.

O Presidente da República frisou que essa posição mudou, “quando a Casa Civil sugeriu que se associasse ao torneio de golfe a um dos grandes desígnios do mandato desde a primeira hora, que era precisamente o Portugal Solidário”.

“E foi a possibilidade de juntar o torneio de Golfe com o Portugal Solidário que me levou a dar o alto patrocínio da Presidência da República à organização deste torneio. E isto porque no meu primeiro discurso, no 25 de abril de 2006, eu tinha proposto um compromisso cívico para a inclusão social, um desafio à política, aos políticos e à sociedade civil para uma ação empenhada no sentido de para apoiar a inclusão social”, acrescentou.

Cavaco Silva disse que, um mês depois, lançou “o primeiro roteiro para inclusão social, uma das mais importantes iniciativas” dos seus mandatos, porque “permitiu colocar na agenda política e da sociedade portuguesa alguns temas que andavam um pouco esquecidos”, como “a violência doméstica, os maus tratos das crianças, os riscos de pobreza das crianças, a prostituição, os novos pobres ou o isolamento de idosos”.

O Presidente da República recordou também que a primeira jornada desse roteiro decorreu no Algarve, em Alcoutim, e pouco tempo depois, em novembro, Cavaco Silva dava “todo o apoio à constituição da Associação de Empresários para a Inclusão Social, com dois objetivos muito precisos, o de combater o abandono escolar e a reprovação dos jovens nas escolas”.

“Tenho um grande orgulho pelo facto de ter promovido estas duas grandes iniciativas, que merecem o meu apoio praticamente desde o início do meu mandato, por um lado o roteiro para a inclusão social, por outro lado, a associação de empresários para a inclusão social, que tem aplicado uma nova metodologia com resultados muito positivos no combate ao abandono escolar e à reprovação dos jovens no nosso sistema de ensino”, afirmou.

Cavaco Silva sublinhou que foi “neste quadro que surgiu o torneio de golfe Portugal Solidário”, que no sábado se realizou pela nona vez e última vez com o seu alto patrocínio e, “no decurso destas nove edições, permitiu mobilizar 478.000 euros, que foram encaminhados para fins de filantropia e para ações de solidariedade social”.

Verifique também

Fogo em Tavira obriga a cortar Via do Infante, mas trânsito já reabriu

Um incêndio florestal deflagrou hoje na zona da Eira da Palma, em Tavira, no Algarve, …