Pub

Mateus Mendonça, do Sindicato dos Técnicos de Handling de Aeroporto (STHA), precisou que a reunião vai realizar-se numa zona restrita do aeroporto de Faro, a partir das 10:30, e que no final será feita uma comunicação à imprensa.

O plenário dos trabalhadores da Groundforce visa decidir as formas de luta a adotar pelos 336 funcionários que vão ser dispensados devido à suspensão, no aeroporto de Faro, das operações da maior prestadora de serviços de assistência de transportes em terra nos aeroportos portugueses, anunciada hoje pelo administrador delegado, Fernando Melo.

"A suspensão da operação da Groundforce no aeroporto de Faro visa reduzir os prejuízos da empresa, condição que é indispensável à viabilização do seu futuro e dos restantes dois mil postos de trabalho", disse o responsável da empresa.

Lusa

Pub