Pub

"A greve está suspensa, depois da administração ter prometido efetuar o pagamento de quatro salários até ao dia 22 de julho", disse Tiago Jacinto, coordenador do Sindicato de Hotelaria do Algarve.

O sindicalista acrescentou que, "caso a administração não cumpra o prometido, os trabalhadores vão avançar para a greve entre 24 e 28 de julho, e cujo pré-aviso foi enviado na quarta-feira".

Os cerca de 50 trabalhadores do quadro do Hotel Montechoro, em Albufeira, unidade hoteleira de quatro estrelas, tinham marcado para hoje o início de uma greve de cinco dias para reclamarem o pagamento de oito meses de salários em atraso.

Os trabalhadores exigem também que sejam afixados os mapas de horários e de férias, bem como o respetivo contrato coletivo de trabalho.

Segundo o coordenador do Sindicato de Hotelaria do Algarve, o atraso no pagamento dos salários levou já à saída de cerca de 250 trabalhadores do quadro, "restando apenas cerca de 50 ao serviço".

Lusa

Pub