Pub

O festival realizou-se no fim de semana, na barragem de Odelouca, no concelho de Monchique, e as fiscalizações realizadas nos acessos por duas dezenas de militares, com o apoio de cães que fazem a deteção de drogas, levaram “à detenção de três portugueses, dois pelo crime de tráfico de estupefacientes e um pelo crime de desobediência”, adiantou fonte da GNR à agência Lusa.

“Um dos detidos, de 23 anos, foi detetado tendo na sua posse estupefaciente suficiente para 87 doses individuais de cocaína e 30 de haxixe, enquanto outro, de 29 anos, tinha na sua posse produto estupefaciente suficiente para 117 doses de haxixe e para quatro de liamba”, precisou a fonte do Comando de Faro da força de segurança.

A mesma fonte acrescentou que “o terceiro detido, também português, com 23 anos, recusou-se, no seguimento de condução de veículo automóvel, a efetuar o teste de despistagem de álcool”.

Os detidos estão a ser presentes ao Tribunal Judicial da Comarca de Monchique.

O facto de o “evento estar normalmente associado ao consumo elevado de bebidas alcoólicas e de produtos estupefacientes” foi a razão apontada pela GNR para fiscalizar os acessos ao festival.

Na operação foram também identificados e notificados para comparecer na Comissão de Dissuasão da Toxicodependência de Faro 36 pessoas com idades entre os 16 e os 40 anos, às quais foram apreendidas 135 doses individuais de haxixe, 26 de liamba, 13 de metileniodioxioximetanfetamina (MDMA), duas de heroína e 18 de cocaína, referiu ainda a fonte da GNR.

Por outro lado, a Polícia Judiciária anunciou num comunicado que, através do Departamento de Investigação Criminal de Portimão, deteve um homem, de 20 anos, suspeito de tráfico de estupefacientes e identificou e constituiu arguidos outras três pessoas.

A detenção foi realizada no âmbito de uma investigação sobre este tipo de crime, que levou à apreensão de 110 doses de cocaína e 447 euros.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial e ficou sujeito a apresentações diárias às autoridades como medida de coação.

Lusa

Pub