Pub

Em declarações à Lusa, fonte do CDOS explicou que desde sábado às 13:30, altura em que foi levantado o alerta amarelo na região algarvia, foram registadas 62 inundações no total, tendo 13 ocorrido hoje.

As inundações foram registadas em 11 concelhos do Algarve, ficando apenas de fora, Monchique, Lagoa, Portimão, Alzejur e Alcoutim.

Em Faro, a Proteção Civil contabilizou inundações na área das cargas e descargas do Supermercado Pão de Açucar, no Mercado Municipal e também em habitações junto de aviários em Bela Salema, na freguesia da Conceição, e na Quinta do Eucalipto, freguesia de Monte Negro.

O mau tempo também provocou, desde sábado, 11 acidentes rodoviários nas estradas do distrito de Faro, dos quais seis acidentes foram hoje registados.

O CDOS indica que os acidentes ocorreram em Albufeira, Alcoutim, Aljezur, Loulé e Olhão, todavia não houve registo de feridos com gravidade, mas danos materiais.

Em Loulé, Monchique e Faro também se registou uma queda de árvore em cada um dos concelhos.

Deslizamentos de terras em Albufeira, Alcoutim e Tavira, e a queda de um cabo elétrico em Olhão e cortes de estrada são outras ocorrências relacionadas com o mau tempo no Algarve, cujo distrito foi atingido por chuva forte, granizo e vento forte com rajadas de 100 quilómetros por hora.

Face à previsão de mau tempo, o Instituto de Meteorologia acionou o aviso laranja, o segundo mais grave da sua escala, entre as 10:00 e as 13:00 de hoje.

Lusa

Pub