Pub

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

O presidente do Turismo do Algarve, Desidério Silva, perspetivou hoje um 2014 “muito bom” ao nível dos indicadores da conjuntura turística, após os dados do verão passado apontarem para subidas nas dormidas, nos proveitos e nas taxas de ocupação.

Em declarações à agência Lusa, Desidério Silva comentou os números divulgados pelo Turismo do Algarve no boletim da conjuntura turística do terceiro trimestre de 2013 e apontou ainda o incremento de 25,4% verificado nos turistas provenientes de um mercado tradicional que procura a região, o alemão, para justificar o otimismo com que encara a atividade turística em 2014.

O dirigente considerou que, “em função dessa evolução e imagem muito positiva da região, perspetiva-se um 2014 com indicadores muito bons, face à procura que existe já de alguns mercados, nomeadamente do alemão”.

“Estes indicadores e números já vêm um pouco na sequência daquilo que foi a evolução do ano de 2013, porque quando chegámos ao fim do primeiro semestre já tínhamos um número considerável de mais cerca de 300 mil dormidas”, afirmou o presidente do Turismo do Algarve quando questionado sobre se estava satisfeito com os números divulgados pelo boletim trimestral da conjuntura turística do Algarve.

Desidério Silva sublinhou que os dados constantes do boletim da conjuntura turística do terceiro trimestre de 2013 vêm “na sequência do que foi verificado no primeiro semestre” e traduzem “subidas em todos os indicadores: hóspedes, dormidas, proveitos e taxa de ocupação”.

O boletim refere ainda, no editorial, que “a boa performance ficou a dever-se sobretudo ao grande afluxo de estrangeiros” durante os três meses da época alta (julho, agosto e setembro), que ajudou “a compensar o menor volume de turistas nacionais”, mercado que registou uma quebra de 1,7 por cento comparativamente com o período homólogo de 2012.

“Também o movimento de passageiros no aeroporto de Faro cresceu entre julho e setembro, fechando com chave de ouro o verão no Algarve”, pode ainda ler-se no boletim divulgado pelo Turismo do Algarve, que aponta para uma subida de 5,7 por cento no movimento total de passageiros verificado no aeroporto de Faro, comparativamente com o mesmo período de 2012.

O presidente do Turismo do Algarve destacou ainda a importância da promoção turística realizada e da cativação de “operadores e parceiros que possam trazer turistas para a região” como medidas que ajudaram à subida desses indicadores.

Entre essas medidas, está a criação de pacotes de férias completos, com hotel e voos, negociados com operadores turísticos e que ajudaram a aumentar também o número de dormidas dos mercados tradicionais, como o alemão ou o holandês.

“Obviamente que isso também é importante, porque os holandeses e os alemães têm números de dormidas que apontam para as seis/sete noites, isso é um bom sinal. Há aqui alguma retoma do tal mercado tradicional, temos feito esse esforço, conjuntamente com o Turismo de Portugal, e as coisas têm estado a correr de uma forma muito positiva”, afirmou.

Por isso, o dirigente considerou que “tudo aponta para que essa procura, e particularmente do mercado alemão, seja claramente um dos sinais que podem fazer com que 2014 atinja números muito interessantes em relação aos de 2013”.

Pub