Pub

Em declarações à Lusa, fonte do Comando Distrital de Operação de Socorros (CDOS), explicou que o alerta do acidente rodoviário foi dado às 09:11 e que as vítimas – um morto e um ferido grave – seguiam na viatura ligeira.

“Os passageiros do autocarro Eva, menos de dez pessoas, não ficaram feridos”, informou fonte do CDOS, acrescentando que o trânsito na Nacional 120 foi encerrado nos dois sentidos e que só depois da limpeza da via e remoção dos veículos é que reabrirá.

As relações públicas do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) adiantaram à Lusa que as vítimas são duas mulheres, que ficaram encarceradas na viatura.

A vítima mortal teria entre 35 a 40 anos e a mulher que ficou ferida, sofrendo um traumatismo craneoencefálico, tem cerca de 50 anos, e foi transportada para o hospital de Faro, segundo a mesma fonte.

Segundo o INEM, o acidente rodoviário teve origem no despiste da viatura ligeira que depois foi embater no autocarro que circulava na faixa de rodagem oposta.

Ao local do acidente deslocou-se a GNR e o INEM, com dois veículos.

O INEM chegou a equacionar o envio de um helicóptero, mas as más condições atmosféricas não permitiram.

Lusa

Pub