Pub

Com organização da companhia de teatro local "Fech’ó Pano" e apoio da Câmara de Vila de Real de Santo António, o V Festival Internacional do Algarve apresenta, segundo o vice-presidente da autarquia, José Carlos Barros, "uma programação diversificada", com o objetivo de "contribuir para a formação de públicos e arriscar em propostas arrojadas, mas, simultaneamente, proporcionar o puro entretenimento".

Charles Darwin, William Shakespear ou Miguel Cervantes são alguns dos autores que vão estar em cena no Centro Cultural António Aleixo, que será o palco dos espetáculos do festival.

"A V edição do Festival Internacional de Teatro do Algarve pretende ser fiel às emoções e intuições do público, demonstrando assim a sua responsabilidade no panorama cultural da cidade", afirmou, por seu turno, o diretor da companhia "Fech’ó Pano", Pedro Santos.

O festival abre sábado com "O homem não é um macaco”, peça posta em cena pela Companhia de teatro Te-Atrito e que faz uma "breve autobiografia de Charles Darwin", segundo a organização.

“Mendes.com – 30 anos a fazer rir”, com o ator e apresentador de televisão português Fernando Mendes também estará em cena, no domingo, estando nos dias seguintes previstas duas exibições da peça "As obras completas de William Shakespeare em 97 minutos”, pela Companhia teatral do Chiado.

“D. Quixote”, pela Companhia de teatro Teatrão e da autoria de Miguel Cervantes, "Emma Santos", da autora homónima e posta em cena pela Companhia de Teatro Fech’ó Pano, “Hisntanbul”, de Kemal Gurses, “As vedetas”, de Lucien Lambert ou “A cova dos ladrões”, de Luís Campeão, pela Companhia de Teatro do Algarve são outros dos espectáculos que vão passar pela cidade algarvia até 01 de Abril.

O programa do festival inclui ainda vários "workshops" de Artes de Circo, de Teatro Movimentação/Interpretação e de Dança, que se realização no espaço da companhia Fech’ó Pano.

Lusa

Pub