Pub

De acordo com o comandante Ventura Borges, dos portos de Tavira e de Vila Real de Santo António, os ventos fortes que se fizeram sentir entre as 14:30 e as 14:45 "arrastaram cadeiras e mesas de esplanadas instaladas junto à orla marítima, e cinco embarcações, uma das quais acabou por ficar em cima de um passadiço".

"Não houve feridos, apenas danos materiais", informou aquele responsável da Marinha.

Segundo o comandante Ventura Borges, "as embarcações são muito leves e de pequenas dimensões, a maior das quais com cerca de cinco metros de comprimento".

Por seu turno, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro disse à agência Lusa que os ventos fortes apenas causaram danos materiais na zona de Cabanas de Tavira, "sem registo de feridos ou danos pessoais".

Lusa

Pub