Pub

A antiga Scut do Algarve, portajada desde o final de 2011, registou entre outubro e dezembro do ano passado um tráfego médio de 5.514 viaturas por dia, quando no mesmo período do ano anterior era de praticamente 10.600 viaturas (-44,4%).

Durante o último trimestre de 2012, o pico das quebras na Via do Infante verificou-se em novembro. Neste mês, comparando com o mesmo do ano anterior, circularam naquela antiga Scut menos 55,5% de viaturas (-6.215 viaturas diárias).

Estes são os primeiros números depois do fim do regime de isenções e descontos para empresas e residentes, praticado na área de influência das sete antigas Scut. Este modelo foi substituído em outubro de 2012 por uma redução geral das tarifas em 15 por cento.

O secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, anunciou na sexta-feira, em Valença, que o novo modelo que está a ser preparado para estas vias prevê a "equidade na cobrança" e uma tarifa "mais barata" nas vias do interior, com a definição de um valor máximo em função do índice de desenvolvimento de cada região.

Lusa

Pub