Pub

Um veículo de combate a incêndios florestais dos bombeiros de Portimão ficou ontem destruído durante o combate a um fogo florestal na Portela do Vale, em Monchique, disse à Lusa o presidente da associação de bombeiros de Portimão.

“Felizmente, que não há danos pessoais a registar nos cinco tripulantes da viatura, que ficou completamente destruída”, disse à agência Lusa Álvaro Bila, presidente dos bombeiros de Portimão.

Segundo o responsável, o carro de combate a incêndios florestais era o mais recente, tinha sido adquirido no ano passado, ficando a corporação reduzida a apenas duas viaturas de combate a fogos florestais”.

De acordo com o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, o incêndio que deflagrou ao início da tarde, com duas frentes, encontra-se com uma frente dominada e outra a diminuir de intensidade.

Segundo a mesma fonte, apesar de existirem casas dispersas, “para já, não existem habitações em risco”.

No combate ao fogo, pelas 19:15, estavam envolvidos 135 operacionais de várias corporações do Algarve, apoiados por 45 veículos e um meio aéreo.

Para combater as chamas na zona da Portela do Vale, na freguesia de Marmelete, no concelho de Monchique foi mobilizado durante a tarde, um meio aéreo pesado.

Pub