Inicio | Igreja | Vigário geral da Diocese do Algarve presidiu em Faro à solenidade do Corpo de Deus

Vigário geral da Diocese do Algarve presidiu em Faro à solenidade do Corpo de Deus

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A Igreja celebrou na passada quinta-feira, 31 de maio, a solenidade do Corpo e Sangue de Cristo, popularmente conhecida como Corpo de Deus.

No Algarve foi assinalada nas diversas paróquias, com particular destaque nas de Faro, onde foi presidida ao final da tarde pelo vigário geral da diocese algarvia, o cónego Carlos César Chantre.

A celebração ficou marcada pela oração eucarística pelas vocações consagradas e o sacerdote, que considerou que a movimentação em torno daquela solenidade pode dar origem a “grandes frutos espirituais”, desafiou os presentes a continuarem a rezar pelos sacerdotes e pelo Seminário.

“Saiamos desta casa com o propósito de levar esta preocupação para as nossas casas particulares. Qual é o lugar do nosso Seminário nas conversas entre o pai e mãe e entre os filhos e os pais? Temos rezado o suficiente para que o nosso Seminário acolha mais filhos e as nossas congregações religiosas acolham mais filhas? Que temos feito espiritualmente pelas nossas vocações sacerdotais e religiosas? Este desafio é para cada um de nós. Alguma vez discutiste este tema? Alguma vez te preocupaste com este tema? De onde vêm os nossos sacerdotes? De onde vêm as nossas religiosas? De que povo vêm? De que famílias vêm?”, questionou.

O cónego César Chantre lembrou que a Igreja algarvia tem “muitos sacerdotes com alguma idade que continuam a trabalhar”. “É uma riqueza para a Diocese do Algarve. Eles não se reformam porque nas coisas de Deus não há reformas”, acrescentou na celebração com imensas crianças presentes, muitas das quais realizaram naquele dia a sua primeira comunhão.

A celebração da solenidade do Corpo de Deus, com a presença de vários sacerdotes e diáconos, incluiu a procissão com o Santíssimo Sacramento que se realizou, por algumas das principais ruas da baixa de Faro, da Sé de Faro para a igreja de São Pedro. O cortejo litúrgico foi precedido por uma tarde de adoração eucarística orientada pelo pároco e acólitos da Sé de Faro, pelos consagrados e pelas três paróquias da cidade, tendo sido particularmente dedicadas às crianças da catequese que acabaram por participar também na oração de vésperas presidida pelo vigário geral.

A solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, vulgarmente conhecida por Corpo de Deus, celebra-se, normalmente, 60 dias depois da Páscoa, na quinta-feira a seguir ao primeiro domingo depois do Pentecostes.

Fotogaleria:

Verifique também

Apresentado o projeto de programação anual para a casa de retiros da Diocese do Algarve

O anunciado projeto de a casa de retiros de São Lourenço do Palmeiral, na união …