Pub

A Câmara de Vila Real de Santo António anunciou ontem a criação de um Banco de Resgate, que pretende apoiar as famílias em situação de sobre-endividamento a renegociarem as dívidas com as entidades bancárias.

"Há muitas pessoas que não conseguem pagar as suas contas, originando a perda das casas e bens. Este serviço tem como objetivo dotar um conjunto de esforços para responder a este tipo de problemas", disse ontem à agência Lusa Luís Gomes, presidente da Câmara de Vila Real de Santo António.

De acordo com o autarca, aquele concelho do Algarve regista um elevado número de famílias em situação de sobre-endividamento, que recorrem "quase diariamente aos serviços da autarquia em situação de desespero".

"Existe um problema grave de sobre-endividamento das pessoas pelo facto de terem contraído créditos acima das suas possibilidades, agravado pelo decréscimo das condições de vida devido à crise", explicou o autarca.

Segundo Luís Gomes, a proposta para a criação do Banco de Resgate foi apresentada pelo movimento cívico ´Forum Refundar a República` e acolhida "de imediato pela autarquia pela necessidade de serem criadas respostas estruturadas para ajudar as famílias do concelho".

Lusa

Pub