Pub

“A medida destina-se também a assinalar o final da época oficial de saldos, a promover o comércio tradicional e a garantir a animação do centro histórico da cidade”, refere a autarquia em comunicado, acrescentando que as iniciativas se prolongam até domingo, aproveitando a habitual “ponte” dos andaluzes.

Segundo a autarquia, ao logo dos quatro dias, o Centro Cultural António Aleixo receberá o I Outlet Têxtil/Feira de Stocks, com vários expositores e comerciantes da localidade algarvia, separada da região espanhola da Andaluzia pelo rio Guadiana.

Esta iniciativa é uma “ocasião para escoar produtos e preparar as novas coleções” e envolverá três dezenas de lojas do centro histórico, acrescenta o município.

Paralelamente, irá decorrer, na Praça Marquês de Pombal, a I Feira do Comércio Tradicional de Vila Real de Santo António, local onde estarão disponíveis produtos como doçaria, frutos secos, cerâmicas, produtos hortícolas e tasquinhas, sendo o horário de funcionamento das 09:30 às 20:00.

As atuações do rancho folclórico da Associação Cultural local, do clube de dança “A Idade do Ouro” e um espetáculo de dança dos alunos da Escola Secundária de Vila Real de Santo António marcam o programa de animação.

A iniciativa é organizada pela Câmara Municipal, a empresa municipal Sociedade de Gestão Urbana, a delegação local da Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve e da Associação Cultural de Vila Real de Santo António.

A localidade algarvia atrai todos os anos centenas de espanhóis por ocasião do feriado da Andaluzia, que assinala um referendo realizado em 1980 e que deu a autonomia à região espanhola.

Lusa

Pub