Pub

“É sinal de que temos excelentes condições de acolhimento e de reprodução”, observou Agostinho Costa, um dos responsáveis pelo Zoo de Lagos, parque situado na freguesia de Barão de São João.

Com uma taxa elevada de sucesso em nascimentos, o Parque Zoológico de Lagos é também o que, em Portugal, detém o maior número de espécies de aves.

“Temos cerca de 10 espécies de calaus, o que faz com que sejamos o parque português com a maior variedade destas aves”, disse aquele responsável, destacando ainda “os 20 ibis scarlate, uma espécie em perigo de extinção”.

Entre os nascimentos registados no Zoo de Lagos estão veados muntjac, araras azuis e amarelas, calaus de faces prateadas e trompeteiro, ibis sagrados, perus ocelados (espécie oriunda do México em perigo de extinção), turacos de faces brancas, pombo coroado e o lémur vermelho.

Inaugurado em 2000, o Zoo de Lagos tem cerca de 150 espécies, entre as quais aves, primatas, cangurus, tartarugas e crocodilos, colaborando com várias instituições e universidades em projetos de investigação científica.

Lusa
Pub