Pub

“Para reduzir custos, o Zoomarine fechou ao público no passado dia 01 de novembro e vai manter-se encerrado durante quatro meses, reabrindo dia 01 de março, mas mantendo os serviços mínimos, declarou o diretor de comunicação e marketing do Zoomarine, Pedro Ferreira.

Segundo o diretor de marketing, o Zoomarine nunca obteve “muitas receitas no inverno, devido à diminuição do fluxo turístico” que se regista no Algarve na estação fria e, como este ano as quebras nas receitas ainda se agravaram mais, “decidimos encerrar durante quatro meses”, explicou.

Num dia de agosto o Zoomarine recebe cerca de cinco mil pessoas, mas num dia de inverno esse número baixa para mil visitantes.

O número de funcionários permanentes vai, todavia, manter-se para garantir os serviços mínimos do Zoomarine, nomeadamente o tratamento médico das centenas de animais, o treino dos golfinhos, leões-marinhos, focas e aves, desinfeção dos espaços ou a manutenção dos espaços verdes.

Sem querer quantificar a verba que esperam poupar com o encerramento do Zoomarine no inverno, Pedro Ferreira garante que se trata de uma “lógica de gestão de mercado para reduzir custos” e garante que o parque vai regressar na primavera.

O porto de abrigo do Zoomarine, reconhecido no campo do bem-estar animal e uma espécie de hospital para ajudar na reabilitação de animais marinhos doentes ou feridos que dão à costa, também já está encerrado.

O parque temático Zoomarine- Algarve foi inaugurado em 03 de agosto de 1991 e localiza-se na Guia, em Albufeira, numa das principais regiões turísticas de Portugal.

O Zoomarine pertence a Sociedade Anónima “Mundo Aquático – Parques Oceanográficos de Entretenimento Educativo”, fundada em 1989.

Lusa

Pub