Pub

O primeiro lugar ficou atribuído ao Portugal pro Vida (PPV), enquanto o Bloco de Esquerda (BE) surge na segunda posição, seguido pelo Partido Pelos Animais e Pela Natureza (PAN), terceiro, e pelo CDS-PP, quarto.

Na quinta posição do boletim de voto os eleitores de Faro vão encontrar o Partido Socialista (PS) e na sexta encontrarão a CDU, coligação entre o Partido Comunista Português e o Partido Ecologista os Verdes.

O Partido Popular Monárquico (PPM) surge na sétima posição, o Partido Operário de Unidade Socialista (POUS) na oitava, o Partido Nacional Renovador (PNR) na nona, o Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses (PCTP/MRPP) na décima e o Movimento Esperança Portugal (MEP) na 11.ª.

A lista será encerrada pelo Partido Social Democrata (PSD), em 12.º lugar, e pelo Partido da Terra (MPT), 13.º

PS e PSD deverão mais uma vez disputar a hegemonia eleitoral no distrito de Faro, com os socialistas a procurarem repetir o triunfo das legislativas de 2009 mas sem perderem mais deputados.

Nas últimas eleições para a Assembleia da República, o PS manteve-se como força mais votada no distrito mas perdeu três dos seis deputados que tinha alcançado em 2005 para PSD, CDS/PP e BE, ficando com o mesmo número de eleitos que os sociais-democratas, depois de ver a sua votação cair dos 49,33 para os 31,86 por cento.

O PSD subiu a votação de 24,57 para 26,16, passando de dois para três deputados, enquanto o BE elegeu pela primeira vez um representante no Algarve, com 15,78 por cento, quase o dobro do resultado alcançado em 2005.

O CDS-PP também foi beneficiado pela perda de votos do PS, elegendo igualmente um deputado, graças a um resultado que subiu dos 6,92 para os 10,71 por cento.

Apesar de também ter subido a votação relativamente a 2005, passando de 5,77 para 7,75 por cento, o PCP não conseguiu eleger qualquer deputado.

Nas eleições de 05 de Junho, em que o distrito passará de oito para nove deputados, o PS volta a confiar no antigo presidente da Câmara de Lisboa João Soares para liderar a lista do partido, enquanto no PSD o antigo líder da distrital passa de segundo ao primeiro lugar, depois de em 2009 Bacelar Gouveia ter sido o cabeça de lista social democrata por Faro.

O BE volta a apostar em Cecília Honório como cabeça de lista, o mesmo acontecendo com CDS/PP, que terá novamente à frente da lista Raul Rêgo, e com o PCP, cujo primeiro candidato voltará a ser Paulo Sá.

Lusa
Pub