Pub

A iniciativa cultural, 39 anos depois de a canção de José Afonso ter servido de senha para a revolução de 25 de Abril de 1974, reuniu algumas centenas de pessoas no centro de Faro e incluiu pequenos concertos, declamação de poesia e encenações de teatro, num evento organizado por uma plataforma integrada por sindicatos e pelo movimento Que se Lixe a Troika, entre outros.

O ponto alto da ação "Vamos Cantar Grândola Vila Morena Pela Demissão do Governo Para Cumprir Abril" aconteceu às 00:00, quando foi entoada em palco a canção de José Afonso, cantada em uníssono pelo público.

Em declarações à Lusa, o coordenador da União dos Sindicatos do Algarve (USAL), António Goulart, defendeu que é necessário que haja uma mudança de política e de Governo para que se possam cumprir os valores que envolvem o 25 de Abril de 1974.

"A mensagem que nós queremos transmitir é também uma mensagem de esperança e de que os portugueses são parte integrante de uma alternativa. É com eles todos que se constrói um país e um futuro melhor", sublinhou.

Também Pedro Afonso, do movimento Que se Lixe a Troika, frisou ainda que mais do que a demissão do Governo, o que se pede é também a devolução da palavra ao povo, não só para votar mas também para construir a sociedade, que considera ser a alternativa a este Governo.

"A alternativa é a alternativa da sociedade que nós construímos todos juntos e todos os dias. Tem que sair de lá esta gente que impede isso e temos que estar nós no centro da democracia", defendeu.

Pedro Afonso considerou ainda que esta ação teve um significado emblemático, não só por coincidir com as comemorações do 25 de Abril, mas também por juntar o movimento social e sindical na mesma organização.

Além de sindicatos ligados a várias áreas e do movimento Que se Lixe a Troika, a iniciativa reuniu ainda associações cívicas, a Interjovem, o Movimento dos Trabalhadores Desempregados (MTD) e o Movimento Democrático das Mulheres (MDM).

Quase em simultâneo a esta iniciativa decorria também no centro de Faro um outro concerto comemorativo do 25 de Abril, organizado pela autarquia.

Lusa

Pub