Inicio | Sociedade | Variante São Lourenço-Troto foi inaugurada

Variante São Lourenço-Troto foi inaugurada

Variante_s_lourenco_trotoFoi ontem inaugurada a variante São Lourenço-Troto, no concelho de Loulé, que liga Almancil à estrada entre Loulé e Faro, nas proximidades do Estádio do Algarve, com cerca de três quilómetros e capacidade para a circulação de cerca de 26 mil veículos por dia.

“A conclusão desta variante, uma obra de três quilómetros, pouco mais, é mais um sinal de segurança rodoviária e da introdução de segurança rodoviária no Algarve” disse, à margem do evento, o secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme W. d’Oliveira Martins.

A via, que teve um custo de oito milhões de euros, permite uma circulação mais rápida e sem interceções, retirando tráfego desnecessário a Almancil, principalmente na zona de São Lourenço e o Troto, onde existem vários pontos com maior ocorrência de sinistralidade.

“A construção e finalização desta variante é sinal de que há uma intenção clara de, na EN125, haver uma melhoria na circulação”, sublinhou o secretário de Estado, apontando que a segunda fase da requalificação da EN125 entre Olhão e Vila Real de Santo António deverá arrancar no próximo ano.

A obra está a cargo da Infraestruturas de Portugal, que ainda está em negociações com a concessionária Rotas do Algarve Litoral, responsável pela primeira fase da requalificação entre Vila do Bispo e Olhão vai ficar concluída até ao final do ano, segundo adiantou ontem o presidente da Infraestruturas de Portugal, António Ramalho que disse que esta primeira fase da requalificação da estrada nacional é suspensa hoje, quinta-feira, e recomeça em setembro, terminando depois até ao final do ano.

“As obras estão a cargo do Estado. Com ou sem concessões, de facto temos de introduzir aqui uma fluidez e este Governo está empenhado em introduzir uma fluidez e coerência em todas estas obras”, acrescentou o secretário de Estado.

À margem da inauguração, o presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), Jorge Botelho, descreveu a inauguração deste troço como “uma boa notícia”.

“Ainda bem que veio antes do verão, porque vai desanuviar muito esta zona do Troto, mas obviamente que isto faz parte de um plano que nós queremos concretizado o mais rapidamente possível”, comentou.

Jorge Botelho considerou positivos a conclusão da variante e o anúncio do início da segunda fase da requalificação em 2017, mas observou que a conclusão da requalificação da EN125 em toda a sua extensão, ou seja, desde Vila do Bispo até Vila Real de Santo António é urgente e está atrasada.

“Já passou largamente os cronogramas que nos foram apresentados inicialmente. Sempre disse que não podia haver algarvios de primeira nem de segunda e o que nós temos de fazer é olhar para a requalificação total e integral, longitudinal da EN125, para que todos os concelhos e toda a estrada possam ser requalificados”, sublinhou.

Segundo o secretário de Estado das Infraestruturas, a requalificação da Ponte Internacional do Guadiana é outra obra que deverá arrancar em breve e que tem um investimento na ordem dos 10 milhões de euros, assumidos entre Portugal e Espanha.

com Lusa

Verifique também

Despiste de motociclo provoca um morto no concelho de São Brás de Alportel

Um homem morreu ontem na sequência do despiste do motociclo que conduzia, na zona de …

Folha do Domingo

GRÁTIS
BAIXAR