Breves
Inicio | Economia | Administração procura solução para viabilizar Porto de Faro e salvaguardar trabalhadores

Administração procura solução para viabilizar Porto de Faro e salvaguardar trabalhadores

porto_comercial_faroA administração do Porto de Faro disse na sexta-feira estar preocupada com o facto de o porto estar sem movimento de carga por ter perdido o único cliente, e que está à procura de uma solução que salvaguarde os trabalhadores.

“É uma situação que preocupa o novo Conselho de Administração da APS”, disse à Lusa fonte oficial da Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS), acrescentando que está neste momento a ser trabalhada uma “solução que viabilize comercialmente o Porto de Faro”.

Para a equipa responsável pela gestão deste porto algarvio, que recorda que só tomou posse a 17 de outubro, é importante a solução para a “manutenção dos postos de trabalho”. Em causa estão 16 funcionários.

O Porto de Faro está sem movimento de carga desde junho devido à suspensão da atividade da fábrica da Cimpor em Loulé, que era o único cliente do porto algarvio, em resposta à contração do mercado da construção e à suspensão da importação de clínquer e cimento por parte da Argélia.

Segundo o relatório da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) sobre o mercado portuário, a movimentação de mercadorias no Porto de Faro caiu 45% nos primeiros nove meses deste ano face ao período homólogo, queda que se continuará a agravar até ao final do ano.

O presidente da Câmara de Faro defendeu na sexta-feira a necessidade de se fazer um plano de reconversão do porto comercial da cidade e a construção de uma marina que dê ao porto a capacidade de captar embarcações turísticas, no âmbito de um projeto “compaginável com a ria Formosa”, zona húmida classificada como Reserva Natural.

Verifique também

Projeto empreendedor apresentado no IX Encontro dos Centros Paroquiais e das Misericórdias

A Diocese do Algarve promoveu no passado dia 15 deste mês o IX Encontro dos …