Pub

A Câmara de Alcoutim vai dispor em 2021 de um orçamento de 11,8 milhões de euros, possibilitando a execução de obras como um futuro parque de caravanismo ou um albergue numa antiga escola.

Em declarações à Lusa, fonte da autarquia, liderada pelo PS, adiantou que o valor é superior em cerca de um milhão relativamente ao orçamento deste ano, o que permitirá executar algumas obras com projeto já aprovado ou que já se encontram lançadas.

A aprovação do documento permitirá “o lançamento imediato das obras previstas”, refere a autarquia, dando como exemplos o Parque de Caravanismo a Sul de Alcoutim, o Parque Operacional Municipal de Alcoutim (POMA) e o albergue na antiga Escola da Barrada.

Está ainda previsto o avanço de um projeto de observatórios astronómicos e albergue nos Moinhos da Pateira, o arranjo paisagístico na entrada da vila e o abastecimento de água a diversas localidades, entre outras.

Ainda segundo a mesma fonte, as áreas com maior peso no orçamento são a área social (3,7 milhões de euros), a económica (3,4 milhões) e recursos humanos (3,5 milhões).

Em 2021, o município vai abdicar da totalidade do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) e da Derrama e aplicar uma taxa de 0,3% de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), o mínimo legalmente permitido.

O orçamento da autarquia do distrito de Faro foi aprovado por maioria pelo executivo municipal, com uma abstenção do vereador do PSD, em 30 de novembro.

O documento foi depois aprovado em sede de Assembleia Municipal em 18 de dezembro por maioria, com três votos contra e duas abstenções dos deputados do PSD.

Pub