Pub

Alegre, que discursou perante cerca de três centenas de pessoas num jantar promovido pelo Movimento Intervenção e Cidadania (MIC), afirmou que Portugal "vive uma hora difícil" e que "é sempre mais fácil desistir e baixar os braços", considerando que "Portugal existe" e que "é preciso acreditar e agir".

"Nunca baixei os braços, nunca fugi a nenhum combate nem antes nem durante nem depois do 25 de Abril e também não ficarei neutro agora", afirmou.

Pub