Inicio | Economia | Turismo | Algarve com mais hóspedes e mais dormidas em 2013

Algarve com mais hóspedes e mais dormidas em 2013

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, apresentou hoje alguns dados do setor do Turismo que indicam que entre janeiro e agosto de 2013 o Algarve registou um aumento de 3,5 por cento no número de hóspedes e de 3,7 por cento nas dormidas.

Comparativamente a 2012, registaram-se ainda, na região, proveitos na ordem dos 457 milhões de euros, o que representa um aumento de 4,5 por cento em relação ao período homólogo.

“Estes números sinalizam bem a importância da atividade turística e do contributo indispensável que as forças de segurança dão”, concluiu o governante, no discurso de encerramento das IV Jornadas de Segurança Pública, em Faro.

Segundo Miguel Macedo, o facto de Portugal ser reconhecido como um destino seguro é “absolutamente estratégico” para o país, que beneficiou, em termos turísticos, da instabilidade vivida em destinos concorrentes, como a Turquia ou a Tunísia.

“Foi praticamente instantânea essa transferência de fluxos turísticos”, observou o ministro da Administração Interna, sublinhando que os turistas franceses se deslocaram para o Algarve em número “muito superior” ao habitual.

Miguel Macedo, afirmou mesmo que o país não pode correr o risco de juntar à crise financeira que atravessa um problema de segurança.

“Nós não podemos correr o risco, e não corremos o risco, de juntar a fortes constrangimentos orçamentais e financeiros um problema de segurança”, afirmou o governante, que não prestou declarações aos jornalistas no final da sessão.

As IV Jornadas de Segurança Pública decorreram na Escola Superior de Hotelaria e Gestão do Algarve da Universidade do Algarve sob o tema “A segurança como elemento qualificador do destino Algarve”.

com Lusa

Verifique também

Algarve escolhido como melhor destino de golfe do Mundo para 2020

A Associação Internacional de Operadores de Turismo de Golfe (IAGTO) escolheu o Algarve como “melhor …